terça-feira, 15 de Abril de 2008

A Formação dos Reinos Cristãos







D. Afonso Henriques

No ano de 711 a Península Ibérica foi invadida por Muçulmanos oriundos do Norte de África obrigando os povos que a ocupavam a refugiar-se na região montanhosa do
Norte (Astúrias e Pirinéus).
Foi a partir daí que os Cristãos procuraram recuperar os territórios perdidos. Este movimento (movimento da Reconquista Cristã) foi um movimento lento, marcado por avanços e recuos, por vitórias e derrotas.
Era um movimento cristão e por isso contava com o apoio da Santa Sé e dos reinos cristãos da Europa.
À medida que a reconquista cristã avançava para sul foram-se formando vários reinos: Leão e Castela, mais tarde unidos num só; Navarra e Aragão.
Em 1086, os Cristãos saíram derrotados na batalha de Zalaca, o que levou ao rei de Leão e Castela a pedir auxílio à nobreza francesa, vieram muitos nobres ajudar o rei de Leão na luta contra os Mouros. Entre eles distinguiram-se dois: D Raimundo e D Henrique. Como recompensa, D Afonso VI, deu a D. Raimundo a mão de sua filha D. Urraca e a D. Henrique a mão da sua filha D. Teresa. Também deu a D. Henrique o Condado Portucalense, que era o território situado entre o rio Minho e o rio Mondego mas o casal instalou-se na cidade de Guimarães.
Passados uns anos, D. Teresa e D. Henrique tiveram um filho a quem deram o nome de Afonso Henriques. Quando Afonso Henriques tinha 3 anos o seu pai, D. Henrique, morreu numa forte batalha tendo D. Teresa ocupado o trono por algum tempo e a educação de D. Afonso Henriques ficou cargo de um aio chamado Egas Moniz que lhe insinuou a arte de combater. A dada altura o jovem Afonso Henriques desentendeu-se com a sua mãe e, com o apoio dos nobres portucalenses acabou por travar uma feroz batalha contra a sua mãe.
Assim, no dia 24 de Junho de 1128, teve lugar a famosa batalha em que mãe e filho se enfrentaram e a que se chamou batalha de S. Mamede. D. Afonso Henriques saiu vitorioso e a sua mãe fugiu para Espanha. Deste modo, D. Afonso Henriques assumiu o governo do condado e continuou a lutar , tal como o seu pai, pela autonomia do condado. Os principais objectivos de D. Afonso Henriques eram:
Tomar o Condado Portucalense Independente
Alargar para sul território do Condado conquistando terras aos Muçulmanos.
Depois das vitórias de Arcos de Valdevez, D. Afonso VIII, rei de leão teve que ser obrigado a assinar com D. Afonso Henriques o tratado de Zamora, concedendo-lhe a Independência do Condado em 1143. Nascia assim o Reino de Portugal e D. Afonso Henriques era o seu primeiro rei.

BIBLIOGRAFIA:
http://www.eb1-porto-n7.rcts.pt/anolecti2004_2005_p1.htm
Livro do 7º ano da Escola Secundária Eça de Queirós - «Viva a história»

TRABALHO REALIZADO POR:
GONÇALO TORRES Nº 17
GUILHERME FONTES Nº18

Sem comentários: