quinta-feira, 8 de maio de 2008

O Contrato Feudo-Vassálico

· As relações feudo-vassálicas



O período das invasões criou um grande clima de insegurança, que por sua vez, levou os reis a pedir auxílio aos outros nobres. Esta situação criou em toda a Europa criações de laços de dependência.
Os membros do clero e da nobreza menos poderosos punham à disposição dos grandes senhores os homens do seu exército e as armas, em troca recebiam protecção e feudos (terras, direitos ou cargos), isto fazia com que os menos poderosos de tornassem vassalos dos grandes senhores, que eram os suseranos.
Mas não eram só os que possuíam menos poder que se tornavam vassalos, os grandes senhores, por sua vez, tinham de obedecer ao Rei, que era o suserano dos suseranos. Significa que desta vez, os grandes senhores eram para além de suseranos, também vassalos do Rei, pois deviam-lhe obediência, em troca de protecção e feudos, tal como o nome indica.
Isto criava relações entre todos os membros constituintes da sociedade, quer como suseranos quer como vassalos.

· O contrato de vassalagem
Estes contratos eram feitos a partir de cerimónias religiosas, que eram constituídas por três partes diferentes:
1. Homenagem: Nesta altura, o vassalo, através de palavras e gestos, exprimia que desejava ficar sob a dependência do senhor mais poderoso, que era o suserano.
2. Juramento de fidelidade: Desta vez, com as mãos sobre a Bíblia, o vassalo jurava obediência e fidelidade ao seu futuro senhor.
3. Investidura: É caracterizado pelo momento em que o suserano dá ao vassalo um objecto, que era o feudo.

O contrato feudo-vassálico unia para sempre o vassalo e o suserano. Como já explicamos anteriormente, este laço impunha obrigações e direitos para ambas as partes:
è O vassalo tinha a obrigação de ser inteiramente fiel ao seu senhor, dando-lhe conselhos quando ele precisasse, apoio económico e militar. Tinha o direito de receber feudos, que como já explicamos são direitos, cargos ou terras.
è O suserano tinha a obrigação de dar protecção ao vassalo e sustentá-lo. Por outro lado tinha o direito de pedir serviços ao vassalo, quer seja apoio económico, militar ou conselhos.


Nota: A sociedade feudal era organizada por um modelo de pirâmide social, onde os que se situavam mais abaixo eram dependentes dos que se encontravam a cima, e assim sucessivamente.
Bibliografia: Livro “Viva a História!” Parte 2 do 7º Ano
http://imedia6a.blogspot.com/2007/09/histria-do-feudalismo-o-feudalismo-era.html
Realizado por:Francisco e Luis Coelho

1 comentário:

Gustavo Maciel disse...

Gostei do seu blog cara, eu tb tenho um blog de historis entra lá historiasbrjp.blogspot.com me add como autor do seu blog.
entre em contato com migo alunosdojeanpiajet@hotmail.com ou
gustavo@maciel.eng.br
Obg...